Twitter Updates

    follow me on Twitter

    domingo, 13 de setembro de 2009

    Seguir o alvo e a Verdade

    Tive o grato prazer de ver um vídeo no blog "Teologia Pentecostal", do irmão Gutierres Siqueira, que fazia a seguinte pergunta: Um Crente Verdadeiro Pode Crer no Evangelho da Prosperidade?". Confesso que ja fiz essa pergunta várias vezes, pensando na salvação daqueles que são brutalmente enganados. E fiquei feliz ao ver a explicação do John Piper, foi bem de encontro ao que eu penso. Quero destacar o momento em que Piper nos exorta a ensinar sempre a verdade, pois a pessoa enganada só sabe disso quando é confrontada com ensinamentos sólidos e daí entende porque era tão estranho o ensino que recebia.

    Complementando a exortação à Verdade, o blog "Igreja Emergente" nos chama a um alerta quanto à divulgação da Palavra através de nossas vidas. O texto me lembra muito a chamada ao primeiro amor em Ap 2:5: "Lembra-te, pois, de onde caíste, e arrepende-te, e pratica as primeiras obras; quando não, brevemente a ti virei, e tirarei do seu lugar o teu castiçal, se não te arrependeres.".

    Finalizo a reflexão com 2Cor 13:5: "Examinai-vos a vós mesmos, se permaneceis na fé; provai-vos a vós mesmos. Ou não sabeis quanto a vós mesmos, que Jesus Cristo está em vós? Se não é que já estais reprovados"

    Um comentário:

    Elizeu Rodrigues dos Santos disse...

    Mano

    sou paranaense por nascimento, porém catarinense por adoção, pois passei minha infância e adolescência em Joinville (78/89).

    Temos que viver tudo aquilo que aprendemos realmente, sem tornar-nos acusadores (o diabo é o pai de quem acusa com referência bíblica) de quem é ensinado diferente. Nosso mestre, Jesus, ensina: "não é o discípulo superior a seu mestre, porém todo que for perfeito, será como seu mestre;... e não fazeis o que eu digo? ... quem ouve, e pratica (Lucas 6.40,46,47)". Jesus também a ninguém julgou, pois ele ensinou isso (Mt 7.1-5; Jo 12.47).

    Você é um jovem como Saulo, André. Que Deus te direcione um profeta como Ananias, que possa realmente abrir-te os olhos (At 9.17,18).

    Te amo muito, Sapão